PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
15 dias

BA vê queda de internação de idosos com vacinação; cidades ficam sem doses

Secretário de Saúde da BA aponta "queda sustentada e significativa" de internações em UTI de pacientes com mais de 70 anos - Mateus Pereira/Governo da Bahia
Secretário de Saúde da BA aponta "queda sustentada e significativa" de internações em UTI de pacientes com mais de 70 anos Imagem: Mateus Pereira/Governo da Bahia

Mattheus Miranda

Colaboração para o UOL, em Salvador

20/04/2021 19h10Atualizada em 20/04/2021 20h17

Na noite de ontem, o secretário de saúde da Bahia, Fábio Villas-Boas, destacou nas redes sociais o impacto positivo da imunização contra a covid-19, entre pacientes com mais de 70 anos.

"Os primeiros sinais consistentes dos efeitos da vacinação #COVID19 começam a ficar evidentes. Queda sustentada e significativa do número de internações em UTI de pacientes com 70+ anos", escreveu Villas-Boas.

Apesar da celebração do secretário estadual, entre as cinco cidades mais populosas do estado, quatro interromperam a imunização hoje, conforme apurou o UOL. Apenas a capital baiana manteve a vacinação dos idosos com mais de 60 anos na data de hoje.

Em contato com as Secretarias de Saúde dos municípios de Vitória da Conquista, Feira de Santana, Juazeiro e Camaçari, a reportagem foi informada de que a aplicação da primeira dose em idosos foi suspensa, em virtude da quantidade insuficiente de doses. A vacinação neste público será retomada logo após a chegada de novos lotes.

O UOL entrou em contato com a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia para saber quando a aplicação da primeira dose nos idosos acima de 60 anos será retomada nessas cidades, mas até o momento da publicação desta matéria não obteve resposta.

Os números do secretário de Saúde

Um gráfico postado por Villas-Boas mostra que, nas últimas quatro semanas, o número de idosos com mais de 80 anos internados em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) caiu de 62 para 36, a cada 100 mil habitantes. Já entre os idosos de 70 a 79 anos, a redução foi de 49 internações por 100 mil habitantes para 39.

A redução nos idosos de 60 a 69 anos variou apenas 6%. O número se dá pelo fato dessa faixa etária ainda não ter tomado a segunda dose na maioria das cidades do estado.

No gráfico, é possível perceber ainda que não houve redução do número de internações em faixas etárias que ainda não receberam a vacina.

Após três meses do início da vacinação contra o coronavírus, em 19 de janeiro, a Bahia ultrapassou a marca de 2 milhões de baianos com a primeira dose da vacina, utilizando mais de 90% do imunizante recebido pelo Ministério da Saúde. Já para a segunda dose, o estado tem execução de 50,7%.

Nas últimas 24 horas, foram registrados 4.283 casos de covid-19 na Bahia. Entre ontem e hoje foram notificados 85 óbitos pela doença no estado. O número total de mortes desde o início da pandemia é de 17.456, representando uma letalidade de 2,01%.

A taxa de ocupação de leitos UTI Adulto no estado é de 81%, enquanto na UTI Pediátrica é de 58%.

Salvador conclui 1ª dose em idosos hoje

Em Salvador, foi concluída hoje a vacinação para pessoas com 60 anos ou mais (cidadãos nascidos entre 20 de janeiro e 20 de abril de 1961). A cidade é uma das primeiras capitais do país a efetuar a vacinação de idosos, ao menos com a primeira dose.

Segundo aponta o "vacinômetro" da capital, Salvador vacinou 485.052 pessoas, sendo que 160.235 receberam a segunda dose. Somente hoje, a cidade vacinou 16.004 cidadãos.

Coronavírus