PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
6 meses

São Paulo vacinará lactantes com comorbidades a partir de segunda

Imagem meramente ilustrativa; medida vale para mães com criança de até 1 ano - iStock
Imagem meramente ilustrativa; medida vale para mães com criança de até 1 ano Imagem: iStock

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

02/06/2021 09h22Atualizada em 02/06/2021 09h31

A cidade de São Paulo vai iniciar a vacinação de lactantes com comorbidades a partir da próxima segunda-feira (7). A medida vale para mães com criança de até 1 ano.

O anúncio foi feito pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) na manhã de hoje. Ao todo, são 28 mil lactantes na cidade neste grupo.

"Segunda-feira iniciaremos a vacinação das lactantes com comorbidades. É uma demanda muito forte. Na minha rede social, elas sempre aparecem falando e a gente conseguiu, enfim", declarou Nunes.

Para a vacinação, além de documento com foto e laudo médico, é necessário apresentar a certidão de nascimento da criança, que deverá ter até um ano.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, não há restrição de vacinas para este grupo. No caso das gestantes, o Ministério da Saúde recomendou a suspensão temporária de aplicação da Oxford/AstraZeneca.

Novo recebimento de vacina

Aparecido afirmou ainda que a cidade deverá receber um novo lote de vacinas da CoronaVac na semana que vem. O lote vem dos insumos chegados da China na metade de maio, com atraso.

Atualmente, a capital e grande do estado só tem contingente para a segunda dose da CoronaVac. Hoje, o estado iniciou a vacinação de adultos com comorbidades a partir dos 30 anos.

Coronavírus