PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Cidade de São Paulo confirma transmissão comunitária da variante Delta

Movimentação de usuários no trem na região da estação da Luz da CPTM, na região central de São Paulo - WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Movimentação de usuários no trem na região da estação da Luz da CPTM, na região central de São Paulo Imagem: WILLIAN MOREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Lucas Borges Teixeira

Do UOL, em São Paulo

20/07/2021 12h53Atualizada em 20/07/2021 13h44

A Prefeitura de São Paulo confirmou hoje a transmissão comunitária da variante Delta. Há pelo menos oito casos identificados com esta mutação do coronavírus na cidade.

A possibilidade já era especulada pela prefeitura desde a semana passada. Agora, segundo o secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, uma análise dirigida com testes positivos na zona leste da cidade confirmou pelo menos quatro casos provenientes de um paciente identificado no início do mês.

A gente conseguiu identificar aquele adulto do sexo masculino de 45 anos. Fizemos o monitoramento de 40 pessoas que tiveram contato com ele e com a família e, ao final, pode-se confirmar a transmissão comunitária da variante Delta aqui na cidade de São Paulo.
Edson Apareciedo, secretário de Saúde de São Paulo

O primeiro caso foi confirmado na cidade no último dia 7. Com isso, a cidade fez uma busca entre 60 testes positivos nas regiões dos bairros da Mooca, Belenzinho e Aricanduva, na zona leste. "Acabamos de receber agora pela manhã a confirmação de mais quatro casos nessa região", informou Aparecido.

Além disso, foram identificados outros dois casos na Vila Guilherme, na zona norte, e mais um caso de internação em um hospital municipal. Ao todo, são oito casos confirmados da Delta na cidade.

A Delta, identificada inicialmente na Índia no final do ano passado, tem mostrado uma transmissibilidade maior do que as outras variantes e tem feito com que países repensem sua política de relaxamento. Sua proliferação no Brasil é a maior preocupação entre os especialistas neste momento da pandemia.

Todos os casos foram confirmados pelo Instituto Butantan, após envio dos testes pela prefeitura.

"Nós vamos permanecer com o trabalho de envio semanal das amostras positivadas dos 96 distritos da cidade para os três institutos que a secretaria trabalha conjuntamente. Estamos mantendo todo o trabalho de monitoramento na atenção básica", declarou Aparecido.

Coronavírus