PUBLICIDADE
Topo

Saúde

UBS de Lucena (PB) aplica vacina contra covid de adultos em crianças

Minstério Público da Paraíba investiga possível irregularidade - iStock
Minstério Público da Paraíba investiga possível irregularidade Imagem: iStock

Do UOL, em São Paulo

15/01/2022 17h10Atualizada em 15/01/2022 17h16

Cerca de 40 crianças com idade entre 5 e 11 anos foram vacinadas contra a covid-19 antes da chegada do imunizante correto, na cidade de Lucena (PB). O MPF-PB (Ministério Público Federal na Paraíba) investiga a denúncia.

A vacinação começou sete dias antes da chegada do lote exclusivo para crianças, quando ainda não haviam vacinas disponíveis para essa faixa etária no município. No lugar, elas receberam imunizantes para adultos.

De acordo com a prefeitura de Lucena, uma auxiliar de uma UBS (Unidade Básica de Saúde) teria aplicado indevidamente a vacina. "Esclarecemos que a decisão foi tomada individualmente pela pessoa que fez a aplicação, sendo uma falha pontual e que não partiu de determinação da administração municipal, de forma que assim que tomamos conhecimento, afastamos a responsável", disse, em nota.

A prefeitura diz que que está colocando "à disposição das famílias acompanhamento médico e [está] monitorando as crianças". Ainda segundo o município, nenhuma criança apresentou reações adversas após a vacinação.

Neste sábado (15), ao menos nove capitais brasileiras iniciaram a imunização para crianças de 5 a 11 anos.

Qual é a diferença entre as vacinas?

As crianças entre 5 e 11 anos recebem uma vacina própria para a faixa etária desenvolvida pela Pfizer. Entre as diferenças estão, por exemplo, a dosagem, composição e RNA mensageiro específicos para esse público. A cor do frasco é laranja, enquanto a aplicada em maiores de 12 anos é roxa.

A dose usada tem apenas um terço do imunizante, caindo de 30 microgramas para 10 microgramas. A quantidade de diluente usado também é menor: 1,3 ml contra 1,8 ml nos maiores de 11 anos.

Vale destacar que volume do líquido introduzido no braço das crianças é de 0,2 ml, ou seja, 0,1 ml a menos do que na dose de idades maiores. Essa diferença ocorre porque, além da base, há a diluição do antígeno no produto final.

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o uso da vacina para crianças de 5 a 11 anos em 16 de dezembro de 2021. Um estudo com 2.250 crianças comprovou a eficácia do fármaco.

"O perfil de segurança da vacina quando comparado com placebo é muito positivo. Ao observar qualquer reação adversa não tem diferença importante e não tem nenhum evento sério de preocupação por conta da vacinação comparado com placebo", declarou à época o gerente geral de Medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes.

Veja a diferença entre as doses de adulto e de crianças menores de 12 anos

Maiores de 12 anos

Dose: 30 microgramas

Volume: 0,3 ml

Doses por frascos: 6

Cor do frasco: Roxa

Crianças de 5 a 11 anos

Dose: 10 microgramas

Volume: 0,2 ml

Doses pro frasco: 10

Cor do frasco: Laranja.

Saúde