Explosão em fábrica de armas deixa 2 mortos na Bulgária

Sófia, 25 Abr 2016 (AFP) - Duas pessoas morreram nesta segunda-feira em uma explosão que destruiu parte de uma fábrica de armas na Bulgária, a mais importante do país, anunciou a direção da empresa.

A explosão aconteceu em uma fábrica do grupo Arsenal, em Kanzalak, centro do país, quando dois homens trabalhavam em uma máquina e uma faísca provocou a detonação de uma reserva de pólvora.

A fábrica, privatizada em 2011, produz principalmente fuzis de ataque, metralhadoras e cartuchos.

Durante a Guerra Fria era a única fora da URSS autorizada a fabricar fuzis AK-47. A Rússia acusa regularmente a unidade de continuar produzindo os fuzis de maneira ilegal.

Os acidentes fatais são frequentes nas fábricas de armamento búlgaras, onde segundo os sindicatos as condições de segurança são insuficientes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos