Seis mortos na capital do Haiti por chuvas torrenciais

Porto Príncipe, 26 Abr 2016 (AFP) - Seis pessoas morreram no Haiti durante o último final de semana como consequência das chuvas torrenciais que caíram na área metropolitana de Porto Príncipe, informou o Ministério do Interior em um comunicado publicado nesta terça-feira.

Quatro membros de uma família - um adulto de 41 anos e três crianças de dois, seis e oito anos - faleceram na madrugada de domingo quando sua casa, uma residência simples, foi inundada em um bairro próximo ao centro da capital haitiana.

Na comuna de Delmas, situada em um ponto alto da região, as fortes chuvas provocaram a queda de um pedaço de muro, o que matou um homem de 36 anos e uma criança de sete.

As tormentas, provocadas pela passagem de uma depressão sobre o Haiti, também causaram grandes inundações nas planícies do oeste.

A primeira estimativa da defesa civil haitiana apontava 4.612 casas invadidas pelas águas nas comunas de Porto Príncipe, Cité Soleil e Cabaret, cerca de 30km a norte da capital.

A falta aguda de infraestrutura para evacuar a água da chuva provoca, com frequência, fortes danos materiais na capital haitiana.

A isto também se soma a inexistência de um sistema eficaz de coleta de resíduos, que agrava a vulnerabilidade das famílias mais pobres, que constroem, sem permissão, habitações precárias próximas a barrancos obstruídos pelo lixo.

Não está prevista uma melhora nas condições meteorológicas antes de quarta-feira; enquanto isto, as autoridades pedem prudência à população.

Em fevereiro, a segunda cidade do país, Cabo Haitiano, foi alagada em duas ocasiões. Uma pessoa morreu e ao menos 9.600 casas dos bairros mais pobres da comuna ficaram inundadas.

Todos os anos, de junho a novembro, o Haiti se vê afetado pela temporada de ciclones, mas, devido à ausência total de planejamento urbano no país, somente os aguaceiros fortes registrados na primeira temporada de chuvas, de abril a junho, já foram suficientes para pôr em perigo as vidas dos cidadãos menos favorecidos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos