Negociações de paz avançam no Iêmen, afirma enviado da ONU

Cidade do Kuwait, 25 Mai 2016 (AFP) - O enviado da ONU para o Iêmen afirmou nesta quarta-feira que as negociações de paz entre o governo e os rebeldes huthis, que acontecem no Kuwait, registraram avanços.

"Estamos avançando para um entendimento geral que envolve as expectativas e as visões de todas as partes", afirmou em um comunicado Ismail Ould Sheikh Ahmed.

"As discussões se tornaram mais sensíveis e delicadas, o que nos aproxima de um acordo global", completou o enviado, que viajará a Nova York para informar a situação ao Conselho de Segurança da ONU.

As negociações começaram em 21 de abril, mas foram interrompidas em várias ocasiões pelo governo.

Os contatos diretos foram retomados na segunda-feira, após uma interrupção de quase uma semana.

O conflito iemenita começou após uma ofensiva em julho de 2014 dos xiitas huthis, que assumiram o controle da capital Sanaa e de várias regiões. Uma coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita, em apoio ao presidente Rabbo Mansur Hadi, interrompeu o avanço dos insurgentes em março de 2015.

O conflito no país do sudoeste da Península Arábica deixou 6.400 mortos, 30.500 feridos e 2,8 milhões de deslocados, de acordo com a ONU.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos