Ex-guarda de Auschwitz é condenado a cinco anos de prisão na Alemanha

Em Detmold

  • Bernd Thissen/AFP

O ex-guarda de Auschwitz Reinhold Hanning, de 94 anos, foi condenado nesta sexta-feira (17) pela Justiça alemã a cinco anos de prisão por "colaboração" na morte de 170.000 pessoas.

"O acusado foi condenado a cinco anos de prisão por sua colaboração na morte de 170.000 pessoas", anunciou o tribunal de Detmold (oeste).

"Ele sabia que em Auschwitz pessoas inocentes eram assassinadas diariamente nas câmaras de gás", afirmou o tribunal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos