Polícia turca dispersa passeata do Orgulho Gay em Istambul

Istambul, 19 Jun 2016 (AFP) - A polícia turca disparou neste domingo gases lacrimogêneos e balas de borracha para disperar ceca de 50 militantes do movimenot LGBTT congregados perto da da famosa Praça Taksim, em Istambul, contatou um fotógrafo da AFP.

Centenas de policiais cercaram a praça, situada às margens europeias da cidade, para impedir a manifestação em pleno mês do Ramadã.

Ao menos dois manifestantes foram detidos.

As autoridades de Istambul anunciaram na sexta a proibição da Parada Gay que devia ser realizada em 26 de junho na cidade para "preservar a segurança e a ordem pública".

Várias celebrações do orgulho gay foram marcada no mundo para recordar os sete dias do massacre na boate Pulse, em Orlando, quando Omar Mateen, um americano de oriem afegã, matou 49 frequentadores nesse clube gay.

Um pouco antes da intervenção policial, as forças de segurança impediram que vários manifestantes homofóbicos tentassem impedir a realização da parada.

"Somos otomanos, não queremos esta gente aqui!", gritou um deles, segundo as imagens da tv.

ok-ba/pjl/bc/tjc/cn

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos