Mulher aborígene é eleita pela primeira vez para o Parlamento australiano

  • AFP Photo

    A ex-professora Linda Burney, que fez história ao se tornar a primeira mulher aborígene eleita para o Parlamento australiano

    A ex-professora Linda Burney, que fez história ao se tornar a primeira mulher aborígene eleita para o Parlamento australiano

Sydney, 3 Jul 2016 (AFP) - Uma ex-professora de 59 anos, Linda Burney, fez história no sábado na Austrália ao se tornar a primeira mulher aborígene eleita na câmara baixa do Parlamento nas eleições gerais.

"Acredito que é um momento realmente importante para a Austrália", disse Burney neste domingo à emissora ABC após ser eleita pelo partido trabalhista no distrito de Burton.

Em 2003, Burney já havia sido a primeira a ser eleita no parlamento regional do estado de Nova Gales do Sul.

A população aborígene da Austrália é vítima da pobreza e da exclusão, que gera níveis de educação, expectativa de vida e problemas sociais abaixo da média australiana.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos