Conselho de Segurança condena teste de míssil da Coreia do Norte

Nações Unidas, Estados Unidos, 27 Ago 2016 (AFP) - O Conselho de Segurança das Nações Unidas condenou firmemente nesta sexta-feira o teste de míssil realizado pela Coreia do Norte, e acertou a adoção de "medidas significativas" para responder aos últimos fatos.

O texto que condena a ação da Coreia do Norte foi aprovado por votação unânime dos 15 membros do Conselho, incluindo a China, principal aliado de Pyongyang.

Os membros do Conselho concordaram em "seguir vigiando de perto a situação e em adotar medidas adicionais significativas", assinala o comunicado.

A Coreia do Norte está proibida - por resoluções da ONU - de utilizar qualquer tecnologia de mísseis balísticos, mas o país já realizou vários tiros após seu quarto teste nuclear, em janeiro.

As forças navais norte-coreanas testaram com sucesso, na quarta-feira, um míssil balístico lançado de um submarino que violou o espaço aéreo japonês, aumentando a tensão na região, onde milhares de soldados de Coreia do Sul e Estados Unidos realizam manobras militares.

Um comunicado do alto comando militar sul-coreano informou que o míssil, lançado ao amanhecer de um submarino, percorreu 500 km, o que representa um alcance 15 vezes superior aos testes precedentes do mesmo tipo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos