Ted Cruz recua e finalmente anuncia apoio a Trump

Washington, 23 Set 2016 (AFP) - Derrotado por Donald Trump nas prévias do partido, o republicano Ted Cruz finalmente anunciou seu apoio ao magnata nesta sexta-feira (23), dois meses depois de tê-lo humilhado na Convenção Nacional do partido.

"Depois de vários meses de cuidadosa reflexão, de orações e exame de consciência, decidiu que no dia da eleição (presidencial, em 8 de novembro), votarei no candidato republicano Donald Trump", anunciou no Facebook o ultraconservador senador do Texas.

Donald Trump se declarou "muito honrado", em um comunicado de três linhas, no qual afirmou que Cruz foi um adversário "brilhante".

Cruz, de 45 anos, deu duas razões para mudar a opinião: sua promessa, no ano passado, de apoiar aquele escolhido pelo partido, e seu empenho em evitar a eleição da democrata Hillary Clinton.

"Embora tenha tido divergências significativas em certos temas com nosso candidato designado, Hillary Clinton é totalmente inaceitável", escreveu.

"Minha consciência me diz que devo fazer tudo para deter isso", insistiu, ao listar todos os motivos pelos quais se opõe à ex-secretária de Estado na Casa Branca.

Em 20 de julho passado, porém, na Convenção Republicana, em Cleveland, Cruz pediu aos correligionários que votem "segundo sua consciência". Ele acabou sendo vaiado pelos delegados republicanos.

Em sua página no Facebook, alguns internautas saudaram a decisão de um homem "de honra e de integridade". Outros viram o anúncio como uma traição, declarando-se "envergonhados" de tê-lo apoiado.

"Não posso apoiar um homem tão imoral quanto Trump. Vou me voltar para Deus", comentou outro usuário.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos