Clinton adia visita a Charlotte

Washington, 24 Set 2016 (AFP) - A candidata presidencial democrata, Hillary Clinton, adiou a visita que faria no domingo a Charlotte, cidade abalada pela morte de um homem negro pela polícia, após um apelo da prefeita local.

Durante o dia, assessores de campanha de Clinton informaram que a candidata visitaria Charlotte no domingo, após vários dias de manifestações contra a morte, na terça-feira, de Keith Lamont Scott, um homem negro de 43 anos baleado pela polícia.

"Após discutir profundamente com os líderes da comunidade, decidimos adiar a viagem de domingo para não afetar os recursos da cidade", declarou um assessor de Clinton.

A prefeita de Charlotte, Jennifer Roberts, pediu à Clinton e a seu adversário republicano, Donald Trump, que adiem suas visitas à cidade, alegando que não há recursos para garantir a segurança dos candidatos.

Charlotte foi sacudida por três noites consecutivas de protestos e atos de violência após a morte de Keith Lamont Scott, situação que levou o governador da Carolina do Norte a declarar o estado de emergência.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos