Pai da noiva detona granadas em casamento e mata 12 pessoas

Em Adem (Iêmen)

Um oficial da reserva do exército matou oito mulheres e quatro crianças no Iêmen ao detonar duas granadas durante o casamento de sua filha, informou uma autoridade local.

O ex-militar, descrito como um "desequilibrado mental", também morreu no incidente registrado na noite de segunda-feira (26) em Yarim, cidade do oeste do Iêmen.

Arte UOL

As granadas deixaram ainda 18 feridos, disse o responsável à agência de notícias AFP.

O porte de arma é comum no Iêmen, país de estrutura tribal, no qual as autoridades só controlam os centros urbanos, e afundado em uma sangrenta guerra civil que desde março de 2015 provocou a morte de mais de 6.600 pessoas, entre elas muitos civis.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos