Termina greve de fome de imigrantes em centro de retenção na Espanha

Barcelona, 24 Out 2016 (AFP) - Várias dezenas de imigrantes internados em um centro de retenção de estrangeiros em situação irregular na Espanha terminaram nesta segunda-feira uma greve de fome iniciada na véspera por suas condições de reclusão, foco de controvérsia nas últimas semanas.

O protesto começou no domingo no meio da tarde quando "68 internos se negaram a entrar no refeitório e em seus quartos" e terminou nesta segunda-feira ao meio-dia quando só restavam apenas 40 reclusos em greve, explicou à AFP um porta-voz da polícia.

Os internos, em sua maioria argelinos, passaram a noite com cobertores no pátio deste centro localizado nos arredores de Barcelona (nordeste), explicou.

Com esta greve, os internos exigem ser libertados, explicou o advogado Andrés García Berrio, que se reuniu com eles em representação da associação "Fechemos os CIE" (Centros de Internamento de Estrangeiros).

Na semana anterior, 40 imigrantes se amotinaram em um centro de retenção de estrangeiros em Madri em protesto por suas condições de detenção.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos