Ataque na região norte do Quênia deixa 12 mortos

Nairóbi, 25 Out 2016 (AFP) - Ao menos 12 pessoas morreram nesta terça-feira em um ataque com explosivos contra um albergue na cidade de Mandera, extremo nordeste do Quênia.

"Encontramos 12 corpos até o momento", confirmou à AFP uma fonte policial.

As vítimas são 11 homens e uma mulher, disse a mesma fonte.

"Estamos rastreando a região com a polícia antiterrorista", completou.

O chefe de polícia do condado de Mandera, Job Boronjo, confirmou o balanço.

A explosão aconteceu às 3H30 na "Guest House Bishar".

O ataque, que não foi reivindicado até o momento, é o segundo em Mandera em menos de um mês.

Um atentado no dia 6 de outubro deixou seis mortos e foi reivindicado pelos shebab, insurgentes islamitas da Somália.

Vinculados à Al-Qaeda, os shebab lutam contra o governo somali, apoiado pela comunidade internacional e protegido pela força da União Africana (UA) na Somália.

Desde 2007, os islamitas somalis shebab executam uma campanha de violência para tentar afastar do poder o governo de Mogadíscio e atuam no Quênia desde 2011, quando o exército queniano foi enviado à Somália para enfrentar os insurgentes.

str-fal/fp

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos