Forte explosão deixa dois mortos no sul da Turquia

Istambul, 24 Nov 2016 (AFP) - Duas pessoas morreram e 16 ficaram feridas nesta quinta-feira na explosão de um carro diante de um prédio do governo da Adana, no sul da Turquia, informou a agência estatal Anadolu.

Outras 16 pessoas ficaram feridas, declarou o governo de Adana, Mahmut Demirtas.

A explosão aconteceu no estacionamento da sede do governo de Adana, perto da entrada por onde passam as autoridades, informou o governador Mahmut Demirtas.

"Acreditamos que o ataque foi realizado por uma mulher", acrescentou, citado pela agência estatal Anadolu.

A explosão acontece em um ano marcado na Turquia por uma onda de atentados vinculados à rebelião curda dos extremistas, que deixaram dezenas de mortos.

O ministro para Assuntos Europeus, Omer Celik, que também é deputado por Adana, lamentou, por sua parte, no Twiiter, o que chamou de "ataque terrorista".

"Em nome da humanidade, lutaremos contra o terrorismo até o final", afirmou.

Adana, uma cidade de mais de um milhão de habitantes, está situada a a alguns quilômetros da fronteira com a Síria.

Também acolhe a base aérea de Incirlik, utilizada pelos aviões da coalizão internacional que bombardeiam o Estado Islâmico (EI).

As autoridades turcas proibiram difundir imagens do ataque, como sempre fazem quando acontece um atentado.

A explosão foi ouvida num raio de dez quilômetros, segundo indicou a rede de notícias NTV, acrescentando que cinco feridos se encontram em estado grave.

Vários veículos estacionados perto do carro que explodiu pegaram fogo e os bombeiros foram enviados rapidamente ao local, informou ainda a NTV, que mostrou imagens de uma coluna de fumaça no estacionamento.

A cidade de Adana está situada fora da região curda do sul da Turquia, imersa em combates entre as forças de segurança turcas e os separatistas do Partido dos Trabalhadores Curdos do Curdistão (PKK).

Os atentados registrados ao longo desse ano foram reivindicados pelo PKK ou atribuídos ao grupo Estado Islâmico.

O ministro do Interior, Süleyman Soylu, assegurou na véspera que foram frustrados 258 atentados desde o início do ano: 214 relacionados com o PKK, 34 com o EI e dez com a "extrema-esquerda".

Emm agosto, um camicase ligado ao EI se explodiu durante um casamento curdo em Gaziantep, 200 km a leste de Adana, provocando a morte de 57 pessoas, entre elas 34 crianças.

Nas últimas semanas, os Estados Unidos, que têm um consulado em Adana, alertou para o risco de um atentado terrorista na Turquia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos