Trump qualifica atentado em Berlim como 'ataque à humanidade'

Washington, 21 dez 2016 (AFP) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, condenou nesta quarta-feira o massacre em uma feira de Natal em Berlim, que qualificou de "ataque à humanidade".

Trump saiu de seu resort Mar-a-Lago, na Flórida, para conversar brevemente com jornalistas, que pediram para o presidente eleito comentar o comunicado de sua equipe sobre o atentado em Berlim, descrito como um ataque islâmico ao cristianismo.

"É um ataque à humanidade. É isto. Um ataque à humanidade e tem que ser detido", declarou Trump.

Os jornalistas também perguntaram se após o assassinato do embaixador russo na Turquia e o ataque em Berlim Trump conversou com o presidente Barack Obama, e ele respondeu simplesmente que conversou "há dois dias".

"Terrível, terrível. O que está acontecendo é terrível", concluiu Trump.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos