Disparos de artilharia matam quatro ativistas em Mossul

Bagdá, 22 dez 2016 (AFP) - Quatro ativistas humanitários e sete civis morreram ao ser atingidos por disparos de artilharia em Mossul, a cidade do norte do Iraque que o exército do país tenta retomar das mãos do grupo extremista Estado Islâmico (EI), anunciou nesta quinta-feira a ONU.

Em um comunicado, Lise Grande, coordenadora de operações humanitárias da ONU no Iraque, condena os disparos de obuses de morteiro. Ela não revelou a nacionalidade das vítimas nem a quais organizações pertencem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos