Assad: 'Seguimos no caminho da vitória'

De Paris

  • Presidência da Síria - 21.set.2016/AP

    O presidente sírio, Bashar al-Assad, em setembro

    O presidente sírio, Bashar al-Assad, em setembro

O presidente sírio, Bashar al-Assad, disse que a reconquista de Aleppo é "um momento crítico" do conflito iniciado em 2011, e que seu regime segue "no caminho da vitória", em entrevista à imprensa francesa que será divulgada nesta segunda-feira.

"É um momento crítico desta guerra, e seguimos no caminho da vitória, que se dará quando tivermos eliminado todos os terroristas", disse em inglês aos canais de TV RTL e LCP, e à rádio e TV France info.

O regime sírio anunciou em 22 de dezembro a retomada do controle total de Aleppo, segunda maior cidade daquele país, após anos de combates sangrentos.

Questionado sobre os bombardeios que devastaram a cidade e deixaram numerosas vítimas, inclusive civis, Assad disse que "é o preço que, às vezes, deve-se pagar".

"Certamente, é muito doloroso para nós, sírios, ver parte do nosso país destruída e ver um banho de sangue, mas nunca ouvi falar, na História, em uma guerra boa (...) Todas as guerras são ruins", assinalou o chefe de Estado sírio.

"A questão é como libertar os civis dos terroristas", destacou. O regime classificou de terroristas todos os grupos de oposição que combatem o governo.

"É melhor deixá-los (os civis) sob a supervisão deles (os rebeldes), sob sua opressão, execuções? (...) Não, deve-se libertá-los (...) e este é o preço que se tem que pagar, às vezes", disse Assad.

Outros trechos da entrevista serão divulgados nesta segunda-feira (9).

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos