México diz que não aceitará imposições dos EUA em tema migratório

No México

  • Yuri Cortez/ AFP

O chanceler mexicano, Luis Videgaray, afirmou nesta quarta-feira (22) que seu país não aceitará que os Estados Unidos imponham de forma unilateral uma série de diretrizes migratórias agressivas divulgadas por Washington na véspera.

O governo americano anunciou nesta terça-feira medidas severas contra a imigração ilegal, que deixam vulneráveis a deportação grande parte dos 11 milhões de imigrantes em situação irregular que, estima-se, vivem no país, a maioria mexicanos.

"Quero deixar claro da forma mais enfática que o governo do México e o povo do México não têm porque aceitar disposições que, de forma unilateral, um governo queira impor a outro", disse Luis Videgaray durante a assinatura de um convênio entre o México e o gabinete do Alto Comissário das Nações Unidas para os Direitos Humanos.

"Não vamos aceitar isso porque não temos porque fazê-lo e porque não é do interesse do México", enfatizou o ministro poucas horas antes do início de uma visita oficial à capital mexicana dos secretários americanos de Estado, Rex Tillerson, e de Segurança Interior, John Kelly.

Videgaray assegurou que as medidas migratórias decididas pelos Estados Unidos serão "tema fundamental" das discussões que os emissários do presidente Donald Trump manterão na noite desta quarta-feira e durante a quinta-feira com o presidente do México, Enrique Peña Nieto, e vários de seus ministros.

O chefe da diplomacia mexicana reiterou que seu país atuará "por todos os meios juridicamente possíveis" para defender os mexicanos no exterior, recorrendo, caso necessário, a organismos internacionais como a ONU.

"O México e o governo do México não haverá de duvidar em acudir aos organismos internacionais, começando pelas Nações Unidas, para defender, conforme o direito internacional, os direitos humanos, as liberdades e o devido processo a favor dos mexicanos no exterior", acrescentou Videgaray.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos