Vaticano e prestigiada instituição muçulmana retomam diálogo

Cairo, 22 Fev 2017 (AFP) - Representantes da Al Azhar, prestigiosa instituição do Islã, baseada no Egito, e uma delegação do Vaticano, celebraram nesta quarta-feira, no Cairo, um seminário conjunto com vistas a avançar na aproximação iniciada em 2016 com um encontro entre o grande imã e o papa Francisco.

A conferência, organizada pela "comissão conjunta para o diálogo", que reúne as duas instituições, devia abordar o "papel da Al Azhar e do Vaticano para combater o fanatismo, o extremismo e a violência", segundo um comunicado da organização islamita.

O Vaticano enviou uma delegação liderada pelo cardeal Jean-Louis Tauran, presidente do Conselho Pontifício para o diálogo inter-religioso.

"O diálogo deve prevalecer entre os seres humanos, para dissipar (...) as divergências, e as religiões são capazes de superar estas discórdias com sua tolerância", destacou no discurso de abertura Mahmud Zaqzuq, que dirige o centro de diálogo da Al Azhar, segundo o comunicado.

A conferência é "um primeiro passo para o restabelecimento das relações entre a Santa Sé e a Al Azhar", avaliou a agência I-Media, especializada no Vaticano.

As duas instituições religiosas, após um longo período de confrontos, começaram a retomar suas relações no ano passado com uma reunião entre o papa e o grande imã Ahmed al Tayeb. Desde sua nomeação, Francisco tem multiplicado as mensagens de tolerância e abertura frente a outras religiões.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos