Diretor de banco turco é detido em Nova York

Ancara, 29 Mar 2017 (AFP) - O banco turco Hulkbank anunciou nesta quarta-feira a prisão nos Estados Unidos de um de seus diretores, Mehmet Hakan Atilla, e indicou que estava colaborando com as autoridades americanas a respeito.

"Nosso diretor-geral adjunto encarregado da gestão bancária internacional, Mehmet Hakan Atilla, foi preso nos Estados Unidos, onde estava por razões profissionais", na terça-feira, disse em um comunicado o Halkbank, um dos bancos mais importantes do país e do qual o Estado turco tem mais de 50%.

"Nosso banco e as instituições públicas competentes ativaram os procedimentos necessários", acrescentou o comunicado, sem detalhar as razões da prisão.

Segundo a agência de notícias pró-governamental turca Anadolu, Atilla foi detido em Nova York por suspeitas de infringir as sanções impostas pelos Estados Unidos ao Irã.

Segundo a Anadolu, o procurador acusa Atilla de ter realizado, servindo-se do sistema financeiro americano, transações de vários milhões de dólares com o governo iraniano e as autoridades iranianas.

Poderia enfrentar até 30 anos de prisão por fraude bancária e até 20 anos por violação de sanções financeiras, acrescenta a Anadolu.

Mehmet Hakan Atilla é acusado de ter colaborado com o multimilionário turco-iraniano Reza Zarrab, detido em Nova York há um ano, acusado de ter tentado transgredir as sanções internacionais contra o Irã, segundo a mesma agência

A prisão ocorreu dois dias antes da viagem do secretário de Estado americano, Rex Tillerson, a Ancara, na quinta-feira.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos