Atentado suicida reivindicado pelo EI mata 14 em Bagdá

Bagdá, 30 Mar 2017 (AFP) - Ao menos 14 pessoas morreram em um atentado suicida em Bagdá reivindicado pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI), indicaram nesta quinta-feira autoridades locais.

Um suicida detonou um carro-bomba na entrada sul da capital na noite de quarta-feira, deixando 14 mortos e 36 feridos, segundo as fontes.

A ação foi reivindicada pelo EI, que apontou em um comunicado que ele foi cometido por "um suicida que conduzia um caminhão com várias toneladas de explosivos".

O EI é responsável por vários ataques nos últimos meses na capital iraquiana. O grupo extremista tenta resistir à ofensiva das forças iraquianas para tomar Mossul, seu último reduto no país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos