Trump: é preciso aprender lições do Holocausto e manter vigilância

Washington, 25 Abr 2017 (AFP) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez um pedido nesta segunda-feira (24) para que nunca se esqueça das lições do Holocausto, destacando a necessidade de continuar "vigilantes" frente "às ideologias do ódio e da indiferença".

"Cada geração deve aprender e implementar as lições do Holocausto para que tal horror, tal atrocidade, tal genocídio nunca aconteça de novo", disse Trump em uma declaração publicada por ocasião da "Semana da Lembrança".

"Devemos nos manter vigilantes contra as ideologias do ódio e da indiferença", apontou.

Recordando que o Holocausto foi a "perseguição sistemática e a tentativa de aniquilação da comunidade judaica da Europa pelo regime nazista", o presidente ressaltou a necessidade de "lembrar das vítimas, honrar suas vidas e celebrar a vitória da humanidade sobre a tirania e o mal".

"Nunca devemos esquecer", insistiu Trump, que discursará nesta terça no Museu do Holocausto, em Washington.

Já sua filha Ivanka Trump, que se converteu ao Judaísmo antes de se casar com Jared Kushner, atual conselheiro do presidente, falou da necessidade de que os dirigentes mundiais se comprometam para que o Holocausto "não se repita nunca mais".

Ivanka contou que, por ocasião de sua viagem a Berlim, nesta terça, onde participará do evento "Women 20" sobre o papel das mulheres no mercado de trabalho, visitará na capital alemã o monumento aos judeus europeus assassinados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos