Angela Merkel visita Arábia Saudita para tratar sobre cooperação e G20

Jidá, Arábia Saudita, 30 Abr 2017 (AFP) - A chanceler alemã, Angela Merkel, realizou neste domingo uma visita à Arábia Saudita para tratar sobre as relações entre Berlim e o gigante petroleiro do Golfo, assim como sobre a reunião do G20 em junho, em Hamburgo, segundo fontes alemãs.

Pouco depois de sua chegada, Merkel foi recebida no Palácio de Jidá (oeste) pelo rei Salman e por seus principais colaboradores, indicou a agência de notícias oficial saudita SPA.

Um almoço deu lugar a algumas conversas cujo conteúdo não foi revelado. Nesse contexto, foram assinados seis acordos na presença da chanceler, três sobre o setor privado e outros três entre governos, segundo uma fonte próxima.

Nas conversas teriam sido abordados temas que estarão na agenda na próxima cúpula do G20, como o clima e a energia, segundo uma fonte governamental alemã.

"Com certeza tratarão sobre como a Alemanha pode apoiar os esforços para uma diversificação da economia [saudita] e sobre uma maior independência em relação aos combustíveis fósseis", declarou antes da visita um alto funcionário alemão.

As relações entre os dois países do Conselho de Cooperação para os Estados Árabes do Golfo - no qual a Arábia Saudita é membro dominante - e seu rival iraniano, também teriam sido abordadas.

"Sem desconhecer a influência negativa do Irã na região, a chanceler vai advogar por uma distensão entre [este país] e o Irã", assinalou o funcionário.

Merkel se encontraria também com os membros da sociedade civil e mulheres de negócios para tratar dos objetivos do plano de reforma saudita "Visão 2030", assim como a situação social e econômica das mulheres.

A pena de morte e os direitos humanos "serão certamente tratados pela chanceler em suas conversas", acrescentou a fonte.

A chanceler, acompanhada por uma delegação de grandes empresários alemães, também falaria sobre as relações econômicas bilaterais, segundo um comunicado da embaixada alemã em Riad.

"As relações econômicas com a Arábia Saudita são sólidas, mas não brilhantes. O volume de trocas comerciais foi de oito bilhões de euros em 2016. Os investimentos alemães giram em torno de 1,2 bilhão de euros e tampouco são muito promissores", revelou o funcionário alemão.

À noite, Merkel reuniu-se em separado com o príncipe-herdeiro Mohamed Ben Nayef e com o vice-príncipe-herdeiro Mohamed ben Salman, ministro da Defesa e com um papel central nas reformas em curso na Arábia Saudita. A cooperação bilateral, em particular no campo da luta antiterrorista, esteve no centro do encontro, segundo a agência SPA.

Na segunda-feira, Merkel viajará para os Emirados Árabes Unidos, onde os investimentos alemães alcançam 2,4 bilhões de euros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos