Sobrinho da estilista Carolina Herrera é assassinado na Venezuela, após sequestro

Em Caracas

  • Gilbert Flores/Brazil Photo Press/Folhapress

    A estilista Carolina Herrera

    A estilista Carolina Herrera

O empresário Reinaldo Herrera, sobrinho da estilista venezuelana Carolina Herrera, foi assassinado junto com um colega, em Caracas, depois de terem sofrido um sequestro, informaram as autoridades locais nesta sexta-feira (12).

Os corpos de Reinaldo Herrera, 34, e de Fabrizio Mendoza, 31, foram encontrados na quinta à noite, em um veículo na estrada que liga Caracas à localidade costeira de La Guaira, segundo boletim da Procuradoria.

Sócios em uma empresa de serviços de arquitetura, os dois haviam sido sequestrados horas antes no estacionamento do prédio onde tinham seu escritório, afirmou o diretor da polícia do município de El Hatillo, delegado Einer Giulliani.

Lá, eles eram esperados por entre três e quatro bandidos, que levaram a caminhonete de uma das vítimas, acrescentou.

A imprensa local informou que Herrera é filho de um cunhado de Carolina Herrera, radicada há vários anos em Nova York.

Segundo o oficial, os familiares dos empresários não denunciaram o caso de imediato, mas negociaram com os sequestradores e pagaram um resgate. O montante não foi informado.

"Entregaram alguns dólares e relógios", declarou, em entrevista coletiva.

Giulliani comentou que Mendoza estava sob investigação do Parlamento por suspeita de ter recebido US$ 11 milhões do governo a uma taxa preferencial, por meio de uma "empresa de malote, de forma fraudulenta".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos