Agência oficial de notícias do Catar é hackeada

Doha, 24 Mai 2017 (AFP) - O Catar denunciou, nesta quarta-feira (23), que sua agência oficial de notícias foi pirateada por uma "entidade desconhecida", a qual emitiu declarações falsas atribuídas ao emir do país, Tamim bin Hamad Al-Thani.

"A Agência de Notícias do Catar foi pirateada por uma entidade desconhecida", informou o governo em um comunicado, acrescentando que "foram publicadas declarações falsas atribuídas à sua alteza".

Uma investigação já foi aberta para averiguar como a ciberpirataria aconteceu.

As declarações atribuídas ao emir se referiam a assuntos de política regional muito sensíveis, entre eles os vínculos com Irã e Israel, assim como às relações de Doha com o presidente americano, Donald Trump.

As "declarações falsas" foram divulgadas pelas emissoras dos Emirados Árabes Unidos e agitaram as redes sociais até serem desmentidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos