EUA se dizem prontos para usar força nuclear em caso de ameaça norte-coreana

Em Washington

  • BRENDAN SMIALOWSKI/AFP

O governo dos Estados Unidos está pronto para usar sua capacidade nuclear se a Coreia do Norte continuar ameaçando seu território ou seus aliados, disse o presidente Donald Trump em uma conversa no domingo com o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, informou a Casa Branca.

"O presidente Trump reafirmou o compromisso dos Estados Unidos para defender nossa pátria, territórios e aliados, usando todas as opções diplomáticas, convencionais e nossa capacidade nuclear disponível" afirma um comunicado divulgado pela Casa Branca após o teste nuclear de Pyongyang.

"Os dois governantes condenaram a continuidade das ações de desestabilização e de provocação da Coreia do Norte, confirmaram os inabaláveis compromissos mútuos dos dois países em termos de defesa e se comprometeram a prosseguir cooperando estreitamente", afirma o texto.

Poucas horas antes, Washington já havia advertido a Pyongyang que poderia desencadear "uma resposta militar maciça" em caso de ameaça a seu território ou ao de seus aliados.

A advertência foi feita pelo secretário de Defesa Jim Mattis, após uma reunião de emergência convocada por Trump com os conselheiros de Segurança Nacional.

O encontro tinha por objetivo examinar as consequências do sexto teste nuclear norte-coreano, que, segundo Pyongyang, utilizou uma bomba de hidrogênio, muito mais potente que a bomba atômica.

Entenda o programa de mísseis norte-coreano

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos