Novo ataque a oleoduto causa derramamento em rio da Colômbia

Bogotá, 28 Set 2017 (AFP) - Um novo atentado contra um dos principais oleodutos da Colômbia, o terceiro em dois dias, provocou um derramamento de petróleo em um rio do nordeste do país, informou nesta quarta-feira a Ecopetrol.

O ataque atribuído pela petroleira a "grupos à margem da lei" causou o derramamento de petróleo no rio Cubugón em Toledo, no departamento de Norte de Santander, fronteiriço com a Venezuela, informou a companhia em comunicado.

O oleoduto Caño Limón Coveñas, de 780 km de extensão, e alvo frequente de ataques que as autoridades atribuem ao Exército de Libertação Nacional (ELN), única guerrilha ativa na Colômbia.

Na terça-feira, as autoridades atribuíram outros dois atentados ao oleoduto ao ELN, que havia acordado com o governo um cessar-fogo temporário a partir de 1 de outubro como parte dos diálogos de paz.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos