Oposição venezuelana vence o prêmio Sakharov 2017

Estrasburgo, França, 26 Out 2017 (AFP) - A Eurocâmara premiou nesta quinta-feira a oposição venezuelana com o prêmio Sakharov à liberdade de consciência, um reconhecimento que coroa seu apoio à Assembleia Nacional d Venezuela e aos "presos políticos" ante o governo de Nicolás Maduro.

"Oposição democrática e prisioneiros políticos na Venezuela ganharam o prêmio Sakharov 2017", escreveu o Twitter o influente deputado liberal Guy Verhofstadt, antes do anúncio oficial em Estrasburgo.

Várias fontes parlamentares confirmaram à AFP o mesmo resultado.

Após uma proposta da principal bancada do Parlamento, o Partido Popular Europeu (PPE, direita), e de seus sócios liberais do ALDE, a "oposição democrática da Venezuela" recebeu o reconhecimento à defesa dos direitos humanos e às liberdades.

Para Verhofstadt, "este prêmio apoia a luta das forças democráticas a favor de uma Venezuela democrática e contra o regime de Maduro", enquanto para se colga do PPE José Ignacio Salafranca homenageia um "povo corajoso" que luta por sua liberdade.

O reconhecimento acontece em um momento de divisão na coalizão opositora Mesa da Unidade Democrática (MUD), após a saída do grupo de Henrique Capriles, um de seus principais líderes, uma crise que ajuda o presidente Nicolás Maduro ante as eleições municipais e presidenciais previstas para 2018.

A Eurocâmara concede a cada ano, desde 1988, o prêmio, que tem o nome do cientista soviético dissidente Andrei Sakharov, a pessoas que deram uma "contribuição excepcional à luta pelos direitos humanos no mundo".

A cerimônia de entrega acontecerá no dia 13 de dezembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos