PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Ex-presidente Zelaya convoca defesa nas ruas de vitória eleitoral

19/12/2017 19h18

Tegucigalpa, 19 dez 2017 (AFP) - O ex-presidente derrotado de Honduras Manuel Zelaya pediu nesta terça-feira (19) os simpatizantes da aliança de oposição a manter os protestos até que se reconheça o triunfo do candidato Savador Nasralla, depois de apresentar novas provas da "fraude".

"Nosso pedido a todo o povo hondurenho é para que se mantenha pacificamente nas mobilizações em nível nacional", declarou em entrevista coletiva o coordenador da Aliança de Oposição Contra a Ditadura (esquerda), que postulou a candidatura de Nasralla, um apresentador de televisão de 64 anos.

O Tribunal Supremo Eleitoral (TSE) declarou o domingo passado o atual presidente Juan Orlando Hernández (49) como ganhador das eleições de 26 de novembro, apesar das denúncias de "fraude" da Aliança.

A declaração aumentou os protestos, com a tomada das ruas por todo o país pedindo a vitória de Nasralla, que foram reprimidas por policiais e militares.

O ex-presidente também rejeitou um pedido de diálogo feito na terça-feira pelo presidente Hernández, e expressou que só conversará com ele se for "para que se reconheça o triunfo de Nasralla".

Internacional