Topo

Gorbachev critica decisão de Trump de sair de acordo sobre armas nucleares: 'Erro'

Encontro entre Gorbachev e Reagan, em reaproximação entre URSS e EUA - Getty Images
Encontro entre Gorbachev e Reagan, em reaproximação entre URSS e EUA Imagem: Getty Images

Em Moscou (Rússia)

21/10/2018 10h43

O último presidente da União Soviética, Mikhail Gorbachev, criticou neste domingo a "falta de sabedoria" do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que decidiu abandonar um importante tratado sobre armamento nuclear assinado com Moscou durante a Guerra Fria.

"Não se deve romper de modo algum os acordos de desarmamento. É difícil compreender que a rejeição a estes acordos significa falta de sabedoria? É um erro", declarou Gorbachev, segundo a agência de notícias Interfax.

O Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF, sigla em inglês) foi assinado em 1987 pelo então presidente da URSS, Gorbachev, e seu colega americano, Ronald Reagan. O tratado entrou em vigor em junho do ano seguinte.

O anúncio de que os Estados Unidos romperão o acordo foi feito por Trump nesse sábado (20): "A Rússia não respeitou o acordo. Iremos encerrá-lo e desenvolver estas armas", anunciou Trump em Elko, Nevada, onde participou de um ato eleitoral.

Internacional