PUBLICIDADE
Topo

Hospitalizado F.W. de Klerk, o último presidente da África do Sul do apartheid

27/10/2018 14h19

Joanesburgo, 27 Out 2018 (AFP) - F.W. de Klerk, o último presidente do apartheid da África do Sul, foi hospitalizado por causa de uma doença pulmonar, informou neste sábado a fundação do ex-presidente, indicando que ele foi submetido a um tratamento bem-sucedido.

O ex-dirigente de 82 anos está atualmente internado em um hospital na Cidade do Cabo.

De Klerk, que presidiu a África do Sul entre 1989 e 1994, iniciou o fim do regime do apartheid quando, em 1990, ordenou a libertação de Nelson Mandela.

Ambos os líderes receberam o Prêmio Nobel da Paz de 1993 por seu papel fundamental na reconciliação e transição para a democracia na África do Sul.

A partir de 1994, ele atuou como vice-presidente no governo de unidade nacional presidido por Mandela, antes de se aposentar da política em 1997.