PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Bombardeios no Iêmen deixam 7 mortos, sendo 4 crianças

26/03/2019 19h23

Dubai, 26 Mar 2019 (AFP) - Pelo menos sete personas, entre elas quatro crianças, morreram e oito ficaram feridas em um bombardeio aéreo perto de um hospital no Iêmen, revelou nesta terça-feira a ONG Save the Children.

"Quatro crianças estavam entre as sete pessoas que morreram hoje, quando um hospital apoiado pela Save the Children no Iêmen foi atingido por um ataque aéreo", disse a organização em um comunicado. "Outros dois adultos estão desaparecidos".

"Um míssil atingiu um posto de gasolina perto da entrada do hospital rural Ritaf, a cerca de 100 quilômetros da cidade de Saada, no noroeste do país".

Entre os mortos, estão trabalhadores e guardas, acrescentou a ONG, pedindo uma "investigação urgente sobre esta última atrocidade".

"Estamos escandalizados e horrorizados por este ataque atroz", disse Helle Thorning-Schmidt, diretora-executiva da Save the Children International.

Este hospital "oferece ajuda vital às crianças, que vivem no pior lugar do mundo para ser criança".

"Esses meninos têm o direito de estar seguros em seus hospitais, escolas e lares. Mas, vez ou outra, vemos que as partes do conflito no Iêmen ignoram completamente as regras básicas da guerra. As crianças devem ser protegidas", afirmou Thorning-Schmidt.

O governo iemenita respaldado pela Arábia Saudita combate os rebeldes huthis aliados do Irã desde 2014, em uma guerra que provocou uma das piores crises humanitárias do mundo.

bur-dm/bmm/al/ll

Internacional