PUBLICIDADE
Topo

Partidários de Guaidó entram na embaixada da Venezuela em Brasília

Oficiais da PM do DF tentam fazer a mediação entre os grupos opostos na embaixada da Venezuela. O local foi palco de confronto entre grupos apoiadores do presidente autodeclarado Juan Guaidó e apoiadores do ditador Nicolas Maduro - Pedro Ladeira/Folhapress
Oficiais da PM do DF tentam fazer a mediação entre os grupos opostos na embaixada da Venezuela. O local foi palco de confronto entre grupos apoiadores do presidente autodeclarado Juan Guaidó e apoiadores do ditador Nicolas Maduro Imagem: Pedro Ladeira/Folhapress

13/11/2019 09h50

Partidários do líder da oposição venezuelana Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino por cerca de cinquenta países, entraram nesta quarta-feira na embaixada de Caracas em Brasília com a cumplicidade de funcionários do local e o ocupam parcialmente, informaram fontes diplomáticas e policiais.

"Os dois grupos estão lá dentro, tentando encontrar uma solução pacífica", disse o tenente Zé Fonseca à entrada da sede diplomática, da Polícia Militar (PM).

O incidente ocorre no momento em que Brasília é sede da cúpula do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Notícias