PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido reabre locais de culto em 15 de junho

07/06/2020 08h43

Londres, 7 Jun 2020 (AFP) - O governo britânico anunciou, neste domingo (7), que reabrirá os locais de culto "para orar de forma privada e individual", a partir de 15 de junho, à medida que a suspensão progressiva das restrições ao coronavírus avança no Reino Unido.

De acordo com o gabinete do primeiro-ministro, Boris Johnson, os serviços religiosos e as orações em grupo continuam proibidos, devido aos temores de uma rápida propagação do vírus em ambientes fechados.

"Pessoas de todas as religiões têm demonstrado tremenda paciência, pois não conseguem celebrar 'seus vários ritos' com amigos, familiares e de acordo com seus costumes tradicionais", afirmou o secretário das Comunidades, Robert Jenrick.

"Agora estamos dando um novo passo com um retorno limitado, mas importante, aos locais de culto", acrescentou.

Com 40.465 mortes, o Reino Unido é o segundo país com maior número de óbitos no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Assim como outros países europeus, o Reino Unido está suspendendo cautelosamente as restrições impostas para impedir a propagação do vírus.

O governo Johnson prevê a reabertura de todas as lojas e demais estabelecimentos comerciais em 15 de junho. Bares e restaurantes também reabrem, mas com um número limitado de clientes.

zak/spm/me/zm/tt