PUBLICIDADE
Topo

Arroz 'Uncle Ben's' muda de nome para evitar estereótipos raciais

23/09/2020 13h52

Nova York, 23 Set 2020 (AFP) - Após vários meses de reflexão, o gigante do setor alimentício Mars anunciou a mudança de nome e logotipo de sua famosa marca de arroz Uncle Ben's, para evitar transmitir estereótipos sobre a minoria negra nos Estados Unidos.

O grupo já havia admitido, em junho passado, em meio aos multitudinários protestos contra o racismo e a brutalidade policial para com os negros, que havia "chegado o momento de uma evolução na marca Uncle Ben's, incluindo a figura que a identifica".

Mars optou, assim, por mudar o nome da marca para "Ben's Original" e abandonar o logotipo com o rosto de um senhor afro-americano. A imagem "poderia" evocar os escravos das plantações de arroz do sul segregacionista.

"Nas últimas semanas, ouvimos milhares de consumidores, nossos próprios funcionários e outras partes afetadas em todo mundo", afirmou a presidente da Mars, Fiona Dawson, em um comunicado divulgado nesta quarta.

"Compreendemos as desigualdades associadas ao nome e à imagem da marca anterior", acrescentou.

Os pacotes com o novo nome e logo estarão nas lojas em 2021.

Além disso, a Mars pretende financiar programas de apoio às comunidades negras de Greenville, no Mississippi, o estado do sul dos Estados Unidos onde se produz o arroz "Ben's Original" há mais de 40 anos.

A Mars não é a única empresa a abandonar logos e nomes considerados insultantes. A Pepsico decidiu mudar a marca Aunt Jemima e seu logo com a imagem de uma mulher negra que adorna frascos de xarope de bordo e misturas para panquecas, presente nas prateleiras americanas por mais de 130 anos.

jum/lo/leo/yow/gma/tt

PEPSICO