Conteúdo publicado há 1 mês

Novos usuários da rede X terão que pagar para publicar mensagens, segundo Elon Musk

Os novos usuários da rede X terão que pagar "pequenas taxas" para publicar mensagens na plataforma durante três meses, afirmou o dono da rede social, Elon Musk, em mensagem na noite de segunda-feira (15).

"Infelizmente, [aplicar] pequenas taxas para novos usuários escreverem é a única maneira de combater o ataque implacável de 'bots' [contas automatizadas]", escreveu o bilionário.

"A inteligência artificial de hoje (e as fábricas de trolls) passam facilmente no teste 'você é um robô?'", explicou ele.

A medida afetará apenas os novos usuários da rede social, que "poderão escrever gratuitamente após três meses", afirmou em outra mensagem.

Elon Musk, que comprou a rede X em 2022, quando ainda se chamava Twitter, não especificou quanto custarão essas tarifas, nem a data em que serão impostas, nem os países envolvidos.

A plataforma X já lançou uma medida semelhante na Nova Zelândia e nas Filipinas em outubro. Lá, novos usuários têm que pagar respectivamente US$ 0,75 (R$ 3,88) e US$ 0,85 (R$ 4,39) por serviços básicos, como publicar mensagens.

Quem se recusa a pagar só tem acesso à função "leitura" da plataforma.

Esta medida já buscava reduzir o "spam" (mensagens não solicitadas) e a "manipulação da plataforma e da atividade dos 'bots'", indicou a rede.

Desde que Musk comprou a plataforma, a moderação de conteúdo foi drasticamente reduzida e isso fez com que a atividade de "bots", contas falsas que espalham desinformação e falsos rumores, aumentasse no X.

Continua após a publicidade

Muitos anunciantes abandonaram o X. O seu valor passou de 44 bilhões de dólares (227 bilhões de reais) para 20 bilhões de dólares (103,4 bilhões de reais), e as receitas publicitárias foram reduzidas pela metade, conforme indicou Elon Musk em um documento interno revelado no final de março e ao qual vários veículos de comunicação americanos tiveram acesso.

Para contrariar este fenômeno, X lançou fórmulas de pagamento em 2023 para obter rótulos de verificação e ocultar publicidade.

Deixe seu comentário

Só para assinantes