Conteúdo publicado há 1 mês

Professores do Tennessee (EUA) podem ser autorizados a portar armas nas escolas

Os legisladores do Parlamento local do Tennessee, nos Estados Unidos, aprovaram nesta terça-feira (23) um projeto de lei que permite que professores, diretores e funcionários escolares portem armas ocultas, um ano após um ataque a tiros fatal em uma escola desse estado.

A medida foi aprovada pela Câmara dos Representantes do Tennessee. No início de abril, recebeu o aval do Senado e agora aguarda a assinatura do governador Bill Lee, que se declara "aberto" à ideia de portar armas e aparentemente nunca vetou um projeto de lei.

O texto estabelece requisitos para que os funcionários das escolas possam portar armas de fogo, como ter passado por 40 horas de "formação básica em policiamento escolar" e outras 40 horas de treinamento por ano.

Há pouco mais de um ano, um homem abriu fogo em uma escola primária em Nashville, resultando na morte de três crianças e três membros da equipe antes de o atirador ser morto pela polícia.

Após o tiroteio, a Câmara do Tennessee, liderada pelos republicanos, expulsou dois legisladores afro-americanos depois que eles interromperam uma sessão para exigir controles de armas mais rígidos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes