Conteúdo publicado há 29 dias

Grão-duque de Luxemburgo anuncia que começará a transferir poderes ao filho

O grão-duque Henri de Luxemburgo anunciou neste domingo (23) que começará a transferir poderes para o seu filho Guillaume em outubro, uma medida surpreendente que abre o caminho para a abdicação do monarca.

"Eu gostaria de informá-los que decidi nomear o príncipe Guillaume como tenente-representante em outubro", afrmou Henri, de 69 anos, em um discurso no dia do feriado nacional.

"É com todo o meu amor e toda a minha confiança que lhe desejo boa sorte", acrescentou o monarca, casado desde 1981 com a duquesa María Teresa, nascida em Cuba.

A posse do título marca o início da transferência da coroa para Guillaume, de 42 anos, mas o processo de mudança no Grão-Ducado provavelmente vai durar vários anos.

Henri, um grande atleta com uma fortuna avaliada em bilhões de dólares, assumiu a coroa em 2000, após a abdicação de seu pai Jean, após 36 anos de reinado.

Luxemburgo, um pequeno país de quase 660 mil habitantes localizado entre Bélgica, França e Alemanha, tem uma monarquia constitucional com um papel limitado no governo.

Em 2008, o Parlamento do país despojou a monarquia de sua função legislativa depois que Henri, católico, se negou a assinar um projeto de lei sobre a eutanásia.

O país, um rico centro de serviços financeiros com uma das maiores taxas de renda nacional bruta per capita do mundo, é liderado pela dinastia familiar desde 1890.

Deixe seu comentário

Só para assinantes