Tempestade de neve nos Estados Unidos provocou pelo menos 37 mortes

Nevasca nos Estados Unidos

A tempestade "Jonas" foi a segunda mais intensa da história de Nova York, com 68 centímetros de neve, levemente abaixo do recorde de fevereiro de 2006EPA/Shawn Thew/Agência Lusa

Milhões de pessoas nos estados do Leste dos Estados Unidos tentaram hoje (25) voltar à normalidade depois da passagem da tempestade "Jonas", que provocou a morte de pelo menos 37 pessoas.

Segundo as autoridades locais, pelo menos 37 pessoas morreram devido a hipotermia, intoxicação com monóxido de carbono e ataques de coração.

A tempestade "Jonas" foi a segunda mais intensa da história de Nova York, com 68 centímetros de neve, levemente abaixo do recorde de fevereiro de 2006 (60,3 centímetros), tendo em conta os registros do último século e meio.

O primeiro grande temporal de neve que afetou este ano a Costa Leste dos Estados Unidos paralisou, entre outras cidades, Washington, Nova Iorque e Baltimore.

Segundo o Observatório Meteorológico de Central Park, cairam no fim de semana 68,07 centímetros de neve, um valor só superado pelos 68,33 registados em fevereiro de 2006, a mais elevada desde que há registros.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos