Atirador que matou cinco em aeroporto da Flórida é acusado de assassinato

José Romildo - Correspondente da Agência Brasil

A polícia americana acusou de assassinato neste sábado (7) o autor dos disparos que mataram cinco pessoas e feriram oito, no Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale-Hollywood, no estado da Flórida, nos Estados Unidos. O homem, de 27 anos, chama-se Esteban Santiago, é veterano do Exército e está preso.

Ontem (6) à tarde, Esteban chegou ao aeroporto de Fort Lauderdale em um voo que partiu do Alaska, com uma arma na bagagem. No desembarque, no terminal 2, foi ao banheiro e retirou a arma da mala. Ele voltou ao local da retirada da bagagem e começou a atirar em todas as direções, só parando depois que a arma ficou descarregada.

O tiroteio provocou pânico e correria no aeroporto de Fort Lauderdale, um dos maiores dos Estados Unidos. O aeroporto de Fort Lauderdale, que é um dos principais destinos da companhia aérea brasileira Azul, foi fechado e todos os voos foram transferidos para o aeroporto de Miami. Só hoje os voos estão sendo lentamente retomados no aeroporto.

Além das oito pessoas feridas a bala, 40 indivíduos passageiros e empregados de companhias aéreas foram enviados para hospitais da área em razão de ferimentos decorrentes da correria e da confusão no aeroporto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos