PUBLICIDADE
Topo

Tchanzinho Zona Norte arrasta milhares de foliões para longe do centro de BH

Leo Rodrigues - Correspondente da Agência Brasil

25/02/2017 07h58

Tchanzinho Zona Norte desfila no bairro Dona Clara, em Belo Horizonte - Foto Leo Rodrigues/Agência BrasilLeo Rodrigues/Agência Brasil Um carnaval para todos e em todas as regiões da cidade. É o que defendem os integrantes do Tchanzinho Zona Norte, que levou, nessa sexta-feira (24), milhares de foliões para as ruas do bairro Dona Clara, na região da Pampulha. A festa se deu ao ritmo de clássicos do axé de bandas comerciais como É o Tchan e Asa de Águia. Segundo o regente do bloco, Rodrigo Picolé, trata-se de uma brincadeira com o que ele chamou de "baixa gastronomia do axé". "É um tipo de repertório que, muitas vezes, é desvalorizado. E o intuito é mostrar que ele tem valor, a partir de uma abordagem irônica e divertida", diz. Rodrigo Picolé explica que uma das motivações para o surgimento do Tchanzinho Zona Norte em 2013 foi pautar a necessidade da descentralização do carnaval, atraindo assim novos público e também estimulando as pessoas a conhecer outros espaços da cidade. "Queríamos fazer um desfile um pouco mais distante da região centro-sul, onde o carnaval ocorre majoritariamente e onde os blocos reúnem, em grande parte, a classe média". A iniciativa não foi isolada. Novos blocos foram aderindo ao movimento. Neste ano, embora a maioria das atrações continue concentrada em bairros centrais, apenas uma das nove regiões da cidade não contou com bloco cadastrado na Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur).