Hotel Popular no Rio recebe melhorias e oferece agora cursos profissionalizantes

Ana Luiza Vasconcelos (*)

O antigo Hotel Popular, agora chamado Espaço Solidário, oferece estadia a quem não consegue voltar para casa depois do trabalho Divulgação/Espaço Solidário

O Hotel Popular, localizado na Central do Brasil, no centro do Rio, sofreu modificações e melhorias, permitindo que os trabalhadores que não têm como voltar para casa passem a noite com mais conforto e sem custos. Chamado de Espaço Solidário, na nova fase, também oferece cursos de hotelaria, beleza, informática, idiomas.

Por meio de parceria com a Vara de Execuções Penais (VEP), foi realizado um mutirão de limpeza e uma reorganização do espaço, executado por detentos e ex-detentos contratados pela Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social. De acordo com o secretário Pedro Fernandes, o mesmo local agora, além de dar abrigo, pode beneficiar diversas pessoas.

"Com a Faetec [Fundação de Apoio à Escola Técnica] nesse mesmo espaço, podemos ajudar ainda mais pessoas. Este é o caso desses apenados que encontraram aqui mais uma oportunidade para recuperarem suas vidas".

Rodrigo dos Santos, é um dos exemplos de trabalhadores beneficiados com a reinauguração do local. Ele cumpre pena em regime semiaberto, após quatro anos preso em regime fechado por tráfico de drogas, e comemora a sua nova vida. Rodrigo trabalha na cozinha do espaço fazendo refeições para todos que fazem a manutenção do local.

"Eu tenho que agradecer a Deus por estar aqui. Fiz um curso e comecei a trabalhar na padaria do presídio. Com esse novo projeto, vim ajudar na limpeza e na alimentação das pessoas que estão trabalhando aqui. Ganhei a redução [progressão] do regime fechado para o aberto [semiaberto] e estou muito feliz por isso", disse.

A diarista  Rosangela Gomes, que frequenta o espaço há cinco anos, já adotou o hotel como sua casa. "De segunda-feira a sexta-feira, aqui é o meu lar. Todas as noites venho para cá. Moro em Magé e a distância me impossibilita de ir para casa".

Com a capacidade aumentada de 58 para 70 hóspedes, separados em alas masculina e feminina, o local beneficia os trabalhadores com pernoite. A entrada pode ser feita das 18h às 22h e a saída é até as 8h, de segunda-feira a sexta-feira.

Os interessados em fazer um dos cursos profissionalizantes do Hotel Popular deverão comparecer ao local com cópias de RG, CPF, certidão de nascimento e comprovante de residência. Novas vagas para as qualificações estão abertas e podem ser feitas no local. As inscrições para os cursos gratuitos devem ser feitas até o dia 18 de julho.

*Estagiária sob supervisão do editor Davi Oliveira

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos