Justiça faz primeira audiência do processo sobre queda da Ciclovia Tim Maia

Ana Cristina Campos - Repórter da Agência Brasil

A 32ª Vara Criminal do Rio de Janeiro fez nesta segunda-feira (23) a primeira audiência do processo sobre a queda da Ciclovia Tim Maia, em São Conrado, na zona sul da capital fluminense, em abril do ano passado. Os 16 réus respondem por dois homicídios culposos (sem intenção de matar).

A queda da ciclovia deixou dois mortos: Eduardo Marinho Albuquerque, de 54 anos, e Ronaldo Severino da Silva, de 60 anos.

Foram intimadas para esta audiência sete testemunhas de acusação e 76 de defesa, mas foram ouvidas apenas duas testemunhas de acusação, moradoras de um condomínio localizado em frente ao trecho do acidente. Como as demais testemunhas de acusação faltaram, as de defesa foram dispensadas, pois só poderão ser ouvidas após o fim da fase acusatória.

Segundo o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, as duas testemunhas disseram que todos os anos presenciam ressacas semelhantes à do dia do acidente e afirmaram que as ondas chegam a estremecer suas casas. Nenhuma das duas viu o acidente, pois ambas chegaram ao local do acidente minutos após o desabamento da ciclovia.

A próxima audiência foi marcada para 17 de novembro.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos