Violência no Rio

Mais um PM morre no RJ, e Estado chega a 131 policiais assassinados no ano

Vitor Abdala

Da Agência Brasil

  • Severino Silva/Agencia O Dia/Estadão Conteúdo

    15.jan.2017 - Já no começo do ano, parentes de PMs mortos faziam protesto para alertar as autoridades. RJ tem até o momento 131 policiais assassinados desde janeiro

    15.jan.2017 - Já no começo do ano, parentes de PMs mortos faziam protesto para alertar as autoridades. RJ tem até o momento 131 policiais assassinados desde janeiro

O cabo da Polícia Militar Eduardo Caetano Neto França morreu na madrugada desta sexta-feira (22) depois de quase 20 dias internado no Hospital da Praia Brava, Angra dos Reis, no litoral do Rio de Janeiro. Ele havia sido baleado em frente a uma boate no município vizinho, Paraty, em 3 de dezembro, quando estava de folga.

Somente em 2017, segundo dados da própria corporação, 131 PMs foram assassinados, dos quais 79 estavam de folga. Estavam de serviço 29 vítimas, e 22 eram reformadas ou da reserva.

França tinha 37 anos e estava no quadro da Polícia Militar há nove. Segundo investigações, ele foi baleado depois de ter sido reconhecido por criminosos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos