PUBLICIDADE
Topo

Terremoto no Peru é sentido em Brasileia no Acre

24/08/2018 11h11

O terremoto que atingiu o Peru no começo da manhã de hoje (24) também foi sentido no Brasil. Em Brasileia, no Acre, o caminhoneiro Reinaldo Xuxa, dormia na boleia e acordou assustado com o caminhão balançando. Em entrevista ao jornalista Valter Lima, que comanda o programa Revista Brasil da Rádio Nacional, ele disse que chegou a pensar que tinha alguém tentando roubar a carga que transportava. "Eu acordei com o caminhão balançando, e fiquei assustado. Achei que tinha alguém mexendo na carga, e não era. Pensei que fosse um vento forte, mas não estava ventando". Reinaldo disse ainda que outros caminhoneiros também sentiram o tremor. O terremoto registrou 7 graus de magnitude na escala Richter e sacudiu uma região de fronteira entre o Brasil e Peru, segundo o Instituto Geofísico peruano. Ele aconteceu a cerca de 140 quilômetros a oeste da cidade peruana de Iberia e 250 quilômetros a noroeste de Porto Maldonado, perto da fronteira com o Brasil. O tremor foi registrado às 4h04 (horário local, 6h04 em Brasília) e ainda não se sabe se causou danos materiais ou fez vítimas. O professor George Sandi, do Observatório Sismológico da Universidade de Brasília (UNB), informou ao Revista Brasil queo sismógrafo registrou o terremoto, cujo epicentro ocorreu em uma grande profundidade. Por isso, os danos causados devem ser leves. Sandi disse ainda que a região, onde fica a placa andina, é sujeita a terremotos. Na terça-feira (21), o Norte da Venezuela foi atingido por um forte terremoto que chegou a ser sentido na capital Caracas e em outras regiões do país. *Com informações da EFE