PUBLICIDADE
Topo

Chuva e ventos fortes atingem a cidade de São Paulo nesta tarde

30/01/2019 19h07

A chuva e vento forte que atingiram a capital paulista no final da tarde de hoje (30) causaram alagamento de ruas, quedas de árvores, desmoronamentos e o desabamento de parte de um hangar no Aeroporto Campo de Marte, na zona Norte da cidade. Não há feridos. 

Os bombeiros da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) do Campo de Marte estão na área do hangar, cujo teto caiu sobre algumas aeronaves por volta de 17h10. "No momento, o trabalho no local é para conter possível vazamento de combustível, além de monitorar novos riscos de desabamento", disse a Infraero, em nota. O hangar atingido é privado, da empresa Marte Updates.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, desde o início da chuva, até o momento, houve o registro de 68 quedas de árvores, nove desmoronamentos e 13 alagamentos em ruas. A enchente atinge também parte dos aviões no Campo de Marte.

Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) da prefeitura, as rajadas de ventos no aeroporto atingiram 96,3 km/h às 17h. No mesmo horário, no Mirante de Santana, na zona Norte, as rajadas chegaram a 88,6 km/h. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ventos contínuos acima de 118 km/h caracterizam um furacão.

Houve queda de granizo no Horto Florestal, em Santana e no Tucuruvi, na Zona Norte, e também na Sé e no Anhangabaú, no Centro. Trechos da Marginal Tietê foram alagadas e tiveram o tráfego de carros interrompido parcialmente. As avenidas Cruzeiro do Sul e a Nossa Senhora do Ó, na zona Norte, também foram afetadas pelas enchentes. A avenida Rio Branco, e a rua da Cantareira, no Centro, tiveram trechos alagados. Na zona Oeste, a avenida Marques de São Vicente foi afetada também.

Às 19 horas, o trânsito na cidade estava dentro da média histórica: 11,6% das vias monitoras pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estavam congestionadas.