Topo

Quatro pessoas morrem e armas são apreendidas em ações da PM no Rio

23/10/2019 17h44

Duas operações da Polícia Militar, em pontos diferentes do Rio de Janeiro, resultaram na morte de quatro pessoas e na apreensão de fuzis, pistolas e uma granada defensiva utilizada pelas Forças Armadas. Desde o início do ano, a PM apreendeu 440 fuzis.

Uma das ações ocorreu na Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio, e resultou na morte de três criminosos e na apreensão de um fuzil, três pistolas e uma granada.

Em nota, a corporação informou que, na localidade conhecida como Bariri, as equipes foram atacadas a tiros por criminosos e houve confronto. "Após cessar o tiroteio, um foi encontrado ferido e foram apreendidos um fuzil, três pistolas, uma granada e drogas a serem contabilizadas".

O ferido foi levado ao Hospital Municipal Lourenço Jorge, onde morreu ao dar entrada no hospital. O 18º Batalhão da PM foi informado que duas pessoas feridas deram entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Cidade de Deus. As duas morreram após serem levadas por moradores para a unidade de saúde.

Pelas redes sociais, moradores da Cidade de Deus relataram o clima de tensão, logo nas primeiras horas da manhã. "Estamos saindo de casa para levar os filhos à escola, mas estamos impedidos de seguir, por causa do tiroteio". Outra moradora pede para os policiais pararem de atirar, porque a pessoa caída no chão é morador e não tem ligação com o tráfico de drogas.

Morro do Juramento

A outra ação foi realizada pelo Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, zona norte do Rio. A operação terminou com um criminoso morto, um fuzil e drogas apreendidos, além de drogas. Também houve uma operação com a participação do Bope, militares do batalhão de Rocha Miranda no morro da Serrinha, em Madureira. Nessa ação não houve prisões, feridos ou apreensões de armas ou drogas.

Notícias